terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Das Dores da Imigração

Acho que em todo blog sobre vida de imigrante ou vida de expatriados (que é a palavra que está na moda) sempre tem um momento, por vezes até uma seção inteira sobre "como é sofrido viver longe de casa".

Consequentemente, as perguntas "Mas e a saudade? ou Você não sente falta...? estão entre as 10 mais feitas, quem acompanha o blog já cansou de ver essas perguntas por aqui, não é?

E verdadeiramente, chegou a minha hora de falar sobre isso:

Imigrar não dói, o que dói é viver em dois mundos. Na vida, sobretudo, quando se decide viver em outro país é preciso saber a hora de encerrar ciclos e de se desligar do que voluntariamente se deixou para trás.

O problema da grande maioria das pessoas não é propriamente se adaptar ao novo, mas abandonar o velho. Velhos hábitos, velhos costumes e até velhos problemas, por piores que sejam são conhecidos e já se sabe lidar com eles, não é?

O sofrimento é voluntário. O sofrimento vem dos nossos apegos (Não fui que disse isso, foi Buda, eu apenas constato a veracidade e a sabedoria desse pensamento).

A vida é um eterno abrir e fechar de ciclos e quando você decide morar em outro país, você primeiro precisa encerrar o seu ciclo com tudo que vai ficar no seu país.

O imigrante é antes de tudo alguém que se especializa em fechar ciclos, e mais importante, alguém que sabe reconhecer antes de todo mundo a hora exata de fechar um ciclo, de mudar, de recomeçar, de reinventar o mundo e a vida, e principalmente, é alguém que sabe dizer adeus sem dor no coração, porque o adeus dito na hora certa não dói, é leve, é seguro e por vezes é até bonito.

E com isso, eu aproveito este post para me despedir de vocês e do blog. Esse será o meu último post.

Eu acredito que o blog conseguiu mostrar a verdade da vida em Israel, conseguiu quebrar muitas ideias erradas e mudar algumas mentalidades, assim sendo eu considero que a minha missão com esse blog está cumprida e portanto é hora de encerrar mais um ciclo na minha vida.

E para não dizer que eu me despeço sem imagens, vou deixar algumas fotos do pôr do sol em Israel, que é seguramente o mais bonito do mundo e que para mim é a imagem que melhor representa o encerramento de um ciclo (fim e recomeço).

Eu tenho muito carinho por essa foto, porque esse foi o primeiro pôr do sol que eu fotografei aqui - Jul/2009.

Na estrada voltando do mar morto - Pôr sol sobre o deserto.

Em Ashdod - Pôr do sol sobre o Mar Mediterrâneo.
E esse foi o primeiro pôr do sol que eu fotografei aqui em Nazareth, esse sim o mais bonito do planeta e é assim que o sol se põe o verão inteiro.

E esse vídeo eu filmei no estacionamento do Shopping Dodge Center aqui em Nazaré, quando eles estavam inaugurando o parquinho que tem lá agora. No caso era uma quinta-feira e o sol também acabava de se por:




*Não se preocupem o blog vai continuar no ar, não haveria nenhum sentido em apagá-lo.
E não precisa me perguntar, eu não estou indo embora de Israel, nem de Nazaré, nem de lugar nenhum.

E para quem ainda quiser me escrever o e-mail do blog vai continuar ativo, apesar de eu levar às vezes 2 semanas para responder eu continuarei respondendo: vivendoemisrael@gmail.com

As únicas coisas que eu vou tirar do ar daqui umas 2 ou 3 semanas são o twitter e a página do blog no Facebook.

Mas a minha conta pessoal no Facebook e o canal do Youtube  continuarão ativos, porque são meus pessoais, ok?

Foi um prazer enorme conhecer todos vocês!!!





29 comentários:

  1. Que notícia triste... Desde quando conheci seu blog venho sempre ver as novas postagens. Quando você se despediu no fim do ano, fiquei imaginando o quanto de bons posts ainda viriam em 2014. Ainda mais quando você disse que traria todos os posts que tinha ficado devendo! Rss.
    Desejo boa sorte em sua vida, obrigada por compartilhar suas experiências conosco. Espero que um dia você volte ao blog para fazer novas postagens.
    Abraços,
    Fabrícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabrícia,

      Que bom ver um comentário seu aqui.

      Você só me escreveu uma vez (eu acho!) e eu li o seu blog acho que inteiro, na ocasião. Adorei, chorei e queria ter te escrito antes, mas esqueci seu nome e não consegui achar seu blog de novo: Só queria dizer que admiro a pessoa forte que você é e bem resolvida com tudo.

      Adorei o post que você fala como as pessoas lidam com o escuro e com o vício em enxergar, é isso, você foi perfeita nas suas definições.

      Em algumas técnicas de meditação a gente trabalha exatamente isso, a não dependência dos sentidos para aumentar a capacidade de percepção e o raciocínio desvinculado. Você me inspira! :)

      Enfim, eu tentei continuar o blog, mas não dá mais, meu trabalho é muito mental e eu acabo ficando cansada para pensar no blog, então para levá-lo de maneira capenga, prefiro encerrar aqui.

      Um beijo enorme!

      Excluir
    2. Oi, Yaheli.

      Sentirei falta, mas obrigado por compartilhar um pouco da sua visão sobre Israel com a gente.

      Como você disse, a vida é um abrir e fechar de ciclos, e assim vai seguindo. Mas se um dia você voltar ao blog, certeza que os leitores fiéis estarão aqui!!

      Abraços!!

      Excluir
    3. Obrigada Marco,

      O cara das perguntas mais inteligentes desse blog. rsrs.
      Sempre gostei de responder as suas perguntas, sempre diferentes do padrão.

      Obrigada pelo carinho.

      Abração

      Excluir
  2. Olá novamente!

    Só escrevi uma vez mesmo, mas li tudinho e divulguei o blog para um monte de gente. Meus pais viajaram a passeio para Israel em junho, foi por isso que eu descobri o blog. Eu estava procurando algo bem detalhado sobre a vida em Israel para conhecer cada detalhe possível, já que eles passariam mais de 15 dias longe de mim. :). Mas hoje, quando vi a última postagem, eu não podia deixar de comentar!

    Fiquei surpresa e feliz ao descobrir que você leu meu blog! Bom que gostou. Não sabia que a técnica da independência dos sentidos também é usada na meditação.

    Admiro sua coragem para morar fora do Brasil e seu talento com as palavras. Vi poucos blogs tão bem escritos! Parabéns.
    Quem sabe um dia você lança um livro, como tanta gente já pediu nos comentários de outros posts que vi. Rsrs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, de verdade!
      E espero de coração que seus pais tenham gostado de Israel e que o blog tenha ajudado.
      Bjs.

      Excluir
  3. Bom, eu gostaria de agradecer mais uma vez pela oportunidade que você acabou dando a cada um de nós de conhecer melhor Israel. Eu não se um dia realizarei meu sonho de morar lá, mas poder sentir o gostinho de como deve ser foi muito gratificante. Como eu comentei no Facebook eu reforço aqui: que esse novo ciclo que se inicia em sua vida seja melhor que o anterior e assim por diante. Shalom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Aloísio,
      Que Deus te abençoe enormemente.

      E a gente continua junto lá no Face. :)
      Bjs.

      Excluir
  4. Infelizmente só conheci o seu blog hoje :/
    Acabei encontrando um post do ano passado sobre a Pessach, por causa de uma pesquisa pra faculdade de Gastronomia.
    Achei muito bem escrito, e com informações maravilhosas. Pode ter certeza que vou ler os outros posts agora, e obrigada por me ajudar a compreender melhor sobre a vida em Israel :)

    ResponderExcluir
  5. Oi, Yaheli, hoje consegui um tempinho pra dar uma olhada no teuy blog e, qual foi a minha surpresa: o último post? espero que um dia tu voltes pois a minha visão sobre Israel se ampliou de uma tal forma depois de te conhecer que posso dizer sem duvida alguma que o teu blog foi um divisor de aguas para mim e conhecer á ti e ao Dan foi uma alegria para mim não só pelas postagens maravilhosas mas pela pessoa de voces tambem .Muito obrigado por todo o conhecimento que tu me trouxe sobre Israel pois foi de muito valor para mim, muito mais do que tu possas imaginar. Que o Todo Poderoso continue abençoando á ti e ao Dan Beijos. Carmen.

    ResponderExcluir
  6. Muito obrigado por todas as postagens que fizestes pois me fizeram conhecer Israel como realmente ela é. Fiquei triste, na verdade, mas enfim... fazer o que, né? espero que um dia tu voltes mas quero continuar conversando contigo e o Dan pelo face, tá? Beijão. Carmen.

    ResponderExcluir
  7. Yaheli, iekirá!
    Obrigada por nos ensinar por nos mostrar as realidades de Israel.
    As poucas vezes que estive aí e os poucos dias em cada vez não foram o suficiente para aprender o tanto que você nos ensinou; em compensação pude usar muito do seu trabalho quando as pessoas dos grupos me perguntavam algo. E eu respondia com segurança, pois aprendi com alguém que vive o que escreve e escreve aquilo que vive!
    Numa dessas ainda nos encontraremos!
    Obrigada, também, por indicar minha empresa para seus seguidores; eles me procuram; um dia irão, através de mim e de você, para Israel!
    Neshikot gdolot, querida!

    ResponderExcluir
  8. Oi Yaheli,
    Que pena que teu blog vai terminar. Ele foi muito útil pra mim, e com certeza para muitos outros leitores. Informações sempre objetivas, sem sentimentalismos. Gostei muito de te "conhecer" e obrigada pela ajuda que voce me deu no início. Adorei essa tua ultima postagem. Gostei do pedaço em que voce diz que o imigrante é uma pessoa que sabe reconhecer quando está na hora de encerrar um ciclo. Me confortou, porque as vezes acho que fui uma louca, imigrando pra cá. Em 90% do tempo estou muito feliz em estar aqui. Mas tem os 10% que as vezes entristecem tanto...
    Teu blog foi uma inspiração para continuar acreditando na minha imigração.
    Um abraço bem grande e seja feliz em tudo que voce fizer e viver!
    Ahuva

    ResponderExcluir
  9. Yaheli, olha a surpresa que tive hoje, ouvindo a 100Fm

    https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/t1/1970402_667662376612812_11126812_n.jpg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk. Carrapicho eu também já ouvi umas 2 vezes.

      De vez em quando eles desenterram umas músicas brasileiras que ninguém lembra mais que existe.

      Para mim a maior surpresa foi o dia que eu ouvi Vou de Taxi, da Angélica. Ouvi em português e depois tocaram a versão em francês dessa música, que consegue ser tão ruim quanto.

      Excluir
    2. Nooossa, direto eu ouço alguma coisa brasileira nessa rádio. Já ouvi Michel Teló, Gustavo Lima, Carrapicho e uma música dançando lambada (que não sei de quem é). Deve ter algum brasileiro nessa rádio hahaha!!

      Eu vou de táxi, c sabee... hahah

      Excluir
  10. Yaheli!

    Obrigado por todos os seus posts neste blog. Aprendi muito contigo, apesar de poucas vezes deixar meu comentário, mas sempre estava lendo as novas postagens.
    Desejo sucesso na sua caminhada, e espero que possamos nos encontrar em breve em Israel. Manteremos contato pelo seu face pessoal.

    Shalom!
    Clerio

    ResponderExcluir
  11. Bem, olá Yaheli.

    O que dizer desta nova etapa na sua vida e, consequentemente, nas nossas vidas. Já disseram muitas coisas que, acredito muitos sentirem o mesmo. Você com os seus comentarios observadores e inteligentes vai fazer muita falta, porque voce fez a diferença Yaheli.

    Eu só posso agora te desejar, de coração, que este seu novo ciclo seja de grande sucesso e, que de vez em quando, venha compartilhar conosco esta sua nova fase e, matar as saudades da galera aqui, afinal, coisas boas dão saudades Yaheli !

    Você fez a diferença !

    Obrigado pela sua paciência, atenção , honestidade nos seus comentarios e, pela sua cumplicidade conosco.

    Abração Yaheli e, que o ETERNO sempre esteja contigo e a sua familia.

    Tulio

    Ps.: Observei bem o que voce disse, vai visitar 2 em 2 semanas o blog. Estou de olho ! ;)

    ResponderExcluir
  12. Que pena! Desde meados de 2013 que acompanho seu blog... Mas não havia comentado ainda! Adoro ler o conteúdo do seu blog! Parabéns!
    Caso você retorne, estarei aqui ávida pelos textos! Você nos proporcionou uma viagem "especial" a Israel através do blog!
    Grata e Deus a abençoe! Ah... sentirei saudades!

    ResponderExcluir
  13. Yaheli !

    Eu e minha esposa estivemos em Israel (21/10 a 05/11/ 2013). Com base em Yerushalayim conhecemos as principais cidades de lá. Retorno em junho/2014 agora sozinho, para ficar mais 15 dias em Be'er Sheva, Midresheet Ben Gurion e Yerushalayim também mais alguns dias. Como eu estou seguindo você no face, agradeço a oportunidade da simples leitura dos seu artigos, que foram muito úteis a nós. Reconheço o trabalho orientativo neste Blog desejando sucesso e muita Luz nos novos horizontes que estás traçando.

    ResponderExcluir
  14. Poxa, curto demais esse blog, aprendi bastante. Vai fazer muita falta, você escreve muito bom, boa sorte!

    ResponderExcluir
  15. Yaheli,
    O seu Blog VIVENDO EM ISRAEL é tão maravilhoso e tão bem escrito, que eu me pergunto se você teria o direito de parar com esse Blog, cujo conteúdo é uma verdadeira Enciclopédia para qualquer pessoa que pensa em viver fora do seu país e principalmente, para os que sonham em Viver em Israel.
    Você sempre abordou cada assunto, com muito carinho, isenção, mas fazendo ver a todos, a sua admiração e o seu Amor por Israel.
    Você nasceu para escrever, tanto é assim, que entre os seus seguidores, há quem sugira: Escreva um Livro.
    Nesse seu "Ultimo Blog", você fez muita gente chorar.
    Você não pode imaginar que os seus seguidores são apenas aqueles que fazem comentários sobre cada Post do seu Blog.
    Pode ter a certeza que, a maioria, Lê, gosta, mas não faz comentários, até porque há muita gente, não tem muito tempo e às vezes têm até dificuldade em colocar por escrito o que gostariam de falar.
    Se essa, for a sua decisão final, só me resta aceitar, mas me reservo o direito de torcer para que você repense a sua decisão.
    De uma forma ou de outra, desejo a Você e ao seu Dan, muitas felicidades e muita saúde.

    ResponderExcluir
  16. Eu agradeço muito o carinho de todos vocês, de coração.
    Sintam-se livres para me add no Facebook ou para me escrever quando quiserem.

    Eu não esperava tanta mensagem, não estou conseguindo responder uma por uma, mas saibam que meu carinho é recíproco com cada um de vocês.

    Muito obrigada mesmo!
    Um beijo enorme a todos!!!

    ResponderExcluir
  17. Shalom Yaheli.

    Desculpe mas estou sem palavras e confesso que estou um pouco triste com o término do seu blog. Mas por outro lado fico muito feliz pois isso mostra que você está sem tempo e que está progredindo aqui em Israel.

    Você me ajudou muito, poucas palavras suas me deram muitas respostas e importantes informações. Apesar de nunca te ver pessoalmente te considero uma amiga e o mundo precisa de mais pessoas como você.

    Como um anjo você chegou e como um anjo você irá embora após ter cumprido a sua missão (ao menos o término do seu blog).

    Espero que continue dando tudo certo na sua vida e dos seus familiares, muito sucesso, muita paz e tudo de bom.

    Qualquer coisa pode entrar em contato quando quiser.

    Shalom !
    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!

      Qualquer hora dessa vou dar um pulo aí na sua cidade para conhecer vocês. :)

      Bjs.

      Excluir
  18. O prazer foi todo meu em conhecer vc e um pouquinho mais de Israel, um país tão longe e tão desconhecido pra mim. Foi uma delícia viajar com vc por Israel. Obrigada por compartilhar conosco suas impressões e vivências. Seja feliz e boa sorte pra vc e sua família.
    Um grande beijo!
    *Ah, e já que vc falou te mandei solicitação de amizade no facebook. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lívia,
      Já te aceitei! Seja muito bem-vinda! Fiquei feliz de você ter me add.
      Bjs.

      Excluir
  19. Nao poderia deixar de me despedir! Vc foi muito iluminada em criar este blog e deixa uma grande contribuição para aqueles que se interessam por Israel e que desejam aprofundar um pouco seus conhecimentos sobre o pais, na visão de uma pessoa extremamente observadora e que tem o dom de se comunicar de uma maneira simples e direta, sem ser superficial!
    Parabens e obrigada pela atenção dispensada em responder aos comentarios e duvidas.
    Espero que tenhamos a oprtunidade de nos cruzarmos por ai um dia, quem sabe em breve!
    Beijos e felicidades em seus projetos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pati, muito obrigada!

      Te desejo muita sorte também!
      Quando estiver por aqui dá um alô.

      Beijão

      Excluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...