sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Liberdade Religiosa em Israel

Não sei porque as pessoas misturam tanto o país ter uma religião oficial com a ideia de que no país não há liberdade religiosa.

Embora a maior parte dos países do mundo não tenham uma religião oficial, todos ou quase todos, são construídos em cima de conceitos religiosos. Eu não consigo enxergar nenhum país cuja a cultura inicial não tenha sido forjada em cima de uma religião.

Por exemplo, Brasil, Portugal, Espanha não possuem uma religião oficial, todos têm liberdade religiosa, mas são países de cultura essencialmente católica, o mesmo acontece com os EUA, cuja a cultura e tradições são baseadas no protestantismo (pelo menos na forma deles de serem protestantes, não discutam comigo porque eu não faço a menor distinção entre as denominações evangélicas).

E é com base nessas religiões que teoricamente não são oficiais que os países fazem seus feriados, constroem seus valores e redigem suas leis. Se não fosse isso, qual seria a explicação de ser feriado no Natal ou na Páscoa em quase todos os países de tradição cristã?

Existe país laico (sem religião oficial), mas não existe cultura laica, essa é a verdade.

O mesmo ocorre com Israel. Toda cultura israelense tem origem no judaísmo, todos os feriados nacionais são baseados no judaísmo e do mesmo jeito também aqui existe liberdade religiosa. A única diferença é que aqui em Israel o judaísmo é a religião oficial do país e isso não muda, nem interfere em nada na vida de ninguém.

Prova disso, está em todas as Igrejas (Católicas e Evangélicas), Mesquitas, Centros Budistas, Espíritas, Bahaii entre outras formas de manifestações religiosas existentes em Israel.

Todas são abraçadas e protegidas pelo Estado e, embora só seja feriado oficial nos feriados judaicos, se você pertencer a outra religião te é permitido tirar seus dias de folga de acordo com os preceitos da religião que você pratica.

Eu filmei um vídeo aqui em Nazaré que mostra a oração de sexta-feira dos muçulmanos em plena praça, em frente à Mesquita deles para vocês conseguirem perceber o quanto isso é tranquilo em Israel:


E para os que me acusam de não ter religião ou de não acreditar em Deus. Sim, eu tenho religião e sim eu acredito em Deus. Eu apenas não sou evangélica (como muitos acham que eu tenho que ser) e embora seja judia do ponto de vista genético/étnico não pratico o judaísmo.

Gosto das tradições judaicas, do ponto de vista cultural, guardo algumas tradições, mas não sigo o judaísmo como religião.

Porém, como hoje é o terceiro dia do Hanukkah,que é umas das tradições judaicas que eu guardo, aproveito para compartilhar a foto do meu Hanukkiah (candelabro de 9 braços) com vocês:

!חג חנוכה שמח (Hag Hanuká Sameach!) - Feliz Hanuká!


25 comentários:

  1. Muito oportuno este artigo e bem esclarecedor. As pessoas costumam facilmente confundir as coisas. Gostei da parte em que não existe uma cultura laica, ela tem que ser baseada em alguma coisa, em algum princípio de fé. Outrossim que ser israelense não implica em ser praticante do judaísmo, outro ponto que gera maus entendimentos.

    Abraços amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alan.

      Sempre fico feliz quando o post é esclarecedor, o objetivo principal é sempre esse.

      Abração meu amigo!

      Excluir
  2. Muito bom ponto de vista. Mantêm ligação com D-us. E judeu genético/étnico não praticante do judaismo é que inspira o tema liberdade e culturalmente a hanukkah é poético, vibra a luz e muita luz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí concordo!

      É exatamente o que eu acho que o Hanukah é um momento que vibra luz, não sei se entendemos isso pela mesma ótica, mas enfim.

      Abraços e obrigado por comentar.

      Excluir
  3. Yaheli, eu acredito que Israel é um país laico, mas assim como o Brasil, devem ter atritos, mesmo que sejam casos isolados, como eu já vi aqui no Brasil alguns umbandistas agredindo verbalmente evangélicos e/ou vice versa, constantemente existem alguns Judeus ortodoxos que reclamam quanto ao Prime Minister Bibi não representar eles, que são os Yehud Neturei Karta, mas pelo que pude notar eles estão mais é próximo de Jerusalém e não de sua cidade. Você já viu alguma manifestação de Judeus ortodoxos? conhece o site deles www.nkusa.org? qual sua opinião a respeito deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem eu não disse que Israel é laico, eu disse justamente ao contrário, Israel tem uma religião oficial e essa religião é o judaísmo. O que eu disse é que apesar de ter uma religião oficial, existe liberdade religiosa total neste país.

      Os Naturei Karta são um grupo de judeus que nem os próprios judeus ortodoxos reconhecem. Naturei Karta são contra a existência do Estado de Israel. Muito ideológico,mas muitos deles moram aqui e recebem os benefícios por serem judeus ortodoxos (todo judeu ortodoxo recebe benefícios financeiros para "estudar a Torah").
      Inclusive muitos que ficam aí protestando em Londres e em Nova York têm cidadania Israelense e vem aqui levar o deles frequentemente, não se engane com eles.

      Me diz você, o que acha deles?

      Nem o Netanyahu representa eles, nem nenhum outro representará. Eles são contra a existência do país até a chegada do Messias. E outra isso não tem nada a ver com conflito religioso, uma vez que nosso primeiro ministro e eles pertencem à mesma religião, apenas entendem e praticam a religião de forma diferente.

      Agora outro ponto, existir discórdia religiosa entre as pessoas não tem nada a ver com o país, tem a ver com as pessoas, como você mesmo disse, já viu isso no Brasil. E te garanto, o que ocorre entre evangélicos e umbandistas no Brasil é mais frequente do que o que ocorre entre judeus e muçulmanos dentro do Estado de Israel. O que os muçulmanos de outros países falam ou fazem é problema deles, eu estou dizendo como é aqui.

      Israel inteiro é menor que Rio de Janeiro, não existe isso é longe da sua cidade e próximo da outra. Sim eu já vi judeus ortodoxos fazendo a palhaçada deles e sendo arrastados pela polícia como qualquer arruaceiro seria.

      E só para constar a minha cidade fica a 1 hora e meia de Jerusalém.

      Abraços.

      Excluir
  4. Oi, Yaheli. Tudo bem?
    Vendo a igreja da anunciação no vídeo, deu uma saudadezinha! rs

    Sei que está fora do assunto do post, mas
    Olha, tava fuçando no YouTube e joguei Nazareth Illit, e olha o vídeo que apareceu:

    https://www.youtube.com/watch?v=vXSjKKgeG7k

    Isso é comum por aí!? :O

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos,

      Isso foi uma apresentação, um encontro acho que eram carros modificados ou eram todos BMW, não sei, algo assim.

      Isso foi no Estacionamento de um Shopping aqui em Nazaré Ilit que se chama dodge center. Eu até tenho um vídeo sobre esse shopping, só procurar lá no canal, acho que de 2010 ou 2011.

      E recentemente eu filmei outro porque agora tem um parquinho lá dentro (qualquer hora eu posto, falta editar).

      Abraços!

      Excluir
  5. Oi, Yaheli, este é um dos grandes motivos de eu amar este blog, pois agora já consigo enxergar Israel por outro ângulo e te confesso que foi muito difícil para mim pois a tendência do ser humano é de idealizar tudo, desde pessoas até lugares, culturas e muitas outras coisas. Com certeza isto não muda o amor que tenho por Israel mas já não o vejo como antes, isto é: Israel= Religião Judaica, Ele é muito mais do que isto, tanto na tecnologia, cultura, costumes variados etc... e tudo isto faz de Israel um país incrível, tenho aprendido bastante neste blog e eu espero que tu continues á esclarecer tantas dúvidas e questionamentos que temos á respeito de Israel. Obrigado por mais este post. Beijos.Carmen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz Carmen!

      Porque, com sinceridade, um lugar ou uma pessoa não precisam ser perfeitos para a gente amar.

      Esse é o verdadeiro amor e a a verdadeira admiração. Amar apesar de tudo, sem idealizações, sem mentiras e sem ilusões.

      Fico super feliz de conseguir mostrar Israel como de fato é, o objetivo não é que ninguém deixe de gostar de Israel, ao contrário, o objetivo é que você conheça melhor o país que você tanto admira.

      bjs.

      Excluir
  6. Shalom Yaheli;
    Juro que no início achava que você era uma evangélica disfarçada de judia, principalmente por causa daquele seu pano na cabeça que você colocava nas fotos antigamente.
    E acredite mal cheguei aqui e vi aquilo que você falou, pessoas de um nível razoável revirando lixo !
    Vi também pessoas comprando iogurtinho diet pra alimentar os gatos na rua !
    Sem contar que esse país é infestado de gatos !
    E o mais bizarro ... os carros param pra você atravessar !!!!!!!
    E agora somos quase ... vizinhos ... hahahahaa
    Shalom !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriel,

      Me admira você conversando comigo ao tempo que você conversa achar que eu seria ou evangélica ou judia disfarçada.Pensei que você prestasse mais atenção ao que eu falo.

      E eu não usava lenço, foi uma única foto com lenço e aquele lenço, que não é um lenço é uma espécie de gorro de tecido fino que as muçulmanas usam por baixo do véu. Eu corto ao meio e uso como faixa (é a melhor faixa que tem para praticar esporte), só que naquela ainda estava inteiro

      E como foi seu primeiro shabbat em Israel, tranquilo? Descobriu algo aberto por aí durante o shabbat?

      Abraços

      Excluir
    2. Hahahaah ... eu falei no início ,,, hehehehe ,,, não sou tão burrinho assim não ... srrssrsrs

      O Shabat foi super tranquilo, bem monótono ! Isso aqui virou cidade fantasma. Aproveitei pra conhecer melhor o loca e ver se encontrava alguma praia.

      Aqui perto tem um pessoal aberto sim e até que não é tão caro, no média 10% a mais que o supermercado.

      Só quero saber quando vai terminar essa enrolação e começar o Ulpan.

      Abraços.


      Excluir
    3. Mas essas vendas não são caras mesmo não, aliás com o tempo você vai ver que elas conseguem ser até mais baratas que os supermercados, não em tudo, mas num produto ou outro sim.

      E tem supermercado que é um roubo, o yesh por exemplo, por causa de ser mais rigoroso com o cashrut ele costuma ser mais caro em quase tudo.

      Enfim, mas o tempo vai te mostrar tudo isso com calma.

      Abraços

      Excluir
  7. Muito bom esse post. Gosto muito de como você escreve!
    Te confesso que entro no blog várias vezes durante a semana para verificar se tem algo novo.

    Parabénssss!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Douglas,

      Muito obrigada! Legal mesmo saber disso, fico super feliz!

      Bjs.

      Excluir
  8. Ola
    Nossa eu começei a ler teu blog e perdi o dia de serviço RSRSR, é muito bom, e a maneira como Vc passa as informaçoes e super ,
    cativante continue assim. Eu gostaria de saber prq ate entao eu não achei no blog, se vc ja foi ate o JARDIM DO GETSEMANI? e como foi se teriam fotos ou algo que vc possa escrever sobre o lugar ? bjao e meus parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Eu tive que rir! Juro que não era minha intenção fazer você perder um dia de trabalho. kkkkk, mas fico feliz que tenha gostado blog!!!

      Não tenho fotos do Jardim de Getsemani, nunca fui lá.

      Bjs.

      Excluir
    2. Kkkkkkkkkkk, já aconteceu isso comigo. Entro no trabalho 9 horas, e uma vez, lendo os posts, quando vi já era 10:30! kkk

      Gosto de reler até os antigos. É agradável!! =)

      Excluir
    3. KKKKKKKK! Nossa me distrai demais lendo tudoo, Yaheli se possivel quando e se vc for por lar no Getsemani eu quero muito ler algo pela sua pespectiva sobre o lugar em si, inclusive com imagens, e claro não é uma exigencia sobre isso, mas saber através de vc como é esse lugar seria muito legal. Desde ja agradeço Karla

      Excluir
    4. Gente, vocês são muito legais! Incríveis mesmo. fico sempre muito feliz com o feedback de vocês.

      Bjs. :)

      Excluir
  9. Ya, tem gente querendo que vc vire evangelica a todo custo ? como assim ?
    Minha flor, as pessoas em geral querem que a sua verdade seja empurrada guela abaixo por todos, mas sabemos que nao é assim.
    A minha verdade é o cristianismo, mas amo a cultura e o povo judeu e tbem guardo alguns rituais judaicos, mas nem por isso deixo de amar e respeitar os outros.
    Não se preocupe com isso... vc esta fazendo um grande trabalho, para Israel , para o Brasil e para todos nós, espero um dia ser sua vizinha tbem assim como o Gabriel... e vc deve ir ao Getsemani amiga...sentir todo o misterio que existe la dentro. Um beijo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rô,

      Não é que tentem "me converter", apesar de que também ocorre. É que geralmente as pessoas vem falar comigo partindo do princípio que eu sou evangélica e me fazem perguntas que eu não tenho como responder pq não sei nada da religião de vocês e aí começam a me questionar e muitas vezes ficam enfurecidas, dizem não fazer sentido alguém morar em Israel sem ser evangélico.

      O que eu sempre digo é, já contou isso para os quase milhões de Israelenses que praticam outra religião ou religião nenhuma? rsrs,

      Mas não esquento não, só acho o povo meio sem noção, às vezes.

      Obrigadão pelo carinho, viu?
      Bjs.

      Excluir
  10. Yaheli,
    Queremos mais postagens no seu blog, kkk

    Sugestão de tópicos; trabalho e educação Israelense(sistema de ensino)

    Leandro Venturini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro, tudo bem?

      Sobre trabalho tem vários textos no blog.

      Sobre educação talvez, mas não por agora.

      Logo, logo eu coloco um texto novo, essa semana ainda. :)

      Abração

      Excluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...