sábado, 19 de outubro de 2013

Israel o País das Promoções e do Crédito Fácil

Apesar do custo de vida relativamente alto, Israel é um país que vive em promoção, tudo entra em promoção o tempo todo.

Basicamente existem duas formas de se fazer promoção em Israel:

As promoções correntes do dia a dia, sem data especial para ocorrer e que normalmente toda loja faz é a 1+1 (Ehad plus Ehad) que não é enganação como no Brasil é promoção mesmo. O produto custa um preço X num dia e no outro dia você leva 2 pelo mesmo preço. Depois disso as promoções mais usuais são as de 40%, 50% e 80%. Em muitas lojas quando você não quer levar 2 produtos na promoção de 1+1 eles te dão 40%.

Eu sei que muita gente acha que isso é venda casada, mas não é, o Brasil inventou a essa bobagem de venda casada, transformou isso em proibição legal e o comércio perdeu toda a capacidade ser atrativo e o consumidor perdeu a enorme oportunidade de obter vantagens. Essas promoções são sim extremamente vantajosas.

E outra forma, um pouco mais conhecida de se fazer promoção é a "promoção de fim de estação (Sof Onah), que é basicamente por a venda tudo que é da estação passada pela metade do preço. Isso vale para todo tipo de loja, móveis, roupas, eletrodomésticos, enfim todo tipo de comércio e até muitos prestadores de serviços fazem esse tipo de promoção.

E no meio dessas promoções ainda tem as promoções vinculadas aos feriados, a maioria dos feriados enseja algum tipo de promoção em alguma área do comércio.

Promoções, pelo menos em Israel, são uma forma de movimentar o comércio, de atrair a atenção do cliente e não verdadeiramente necessidade de queimar estoque.

Sem falar que não existe a possibilidade de você sair de um supermercado, farmácia ou qualquer grande loja sem te oferecerem e praticamente implorarem para você aceitar um cartão de crédito. Que na maioria das vezes é aprovado na hora e sem nenhuma burocracia, geralmente todo o processo não chega a levar mais do que 5 minutos.

E aliado a isso você ainda recebe centenas de SMSs com promoções e descontos relâmpagos que vão durar 1 dia, às vezes 1 semana, e-mail, correio, enfim, todas as formas de correspondência te enviam notificação de promoção o tempo todo.

Que legal! Tudo tão fácil e cor de rosa.
Verdade! Tudo super fácil e... super perigoso!

Esse monte de promoção vicia!
Você nem quer um daquele, mas dois está tão barato que você vai lá e compra. Essa é a perversidade da coisa.

E aí você paga num dos 9 cartões de crédito que você tem e vai vivendo sua vida para pagar aquele monte de 1+1 super vantajoso e aquelas outras coisas com 80% de desconto que você lembra de usar uns 6 meses depois da compra.

E é por isso que Israel é um dos países do mundo com mais gente endividada no banco. Poucos são os israelenses que não tem pelo menos um problema do gênero.

Mas, se você conseguir ser um ser humano equilibrado, Israel é um paraíso para comprar qualquer coisa.
Então resista, se puder:

A loja inteira na promoção de 1 produto com o segundo grátis. Você paga o preço do mais caro, óbvio.





8 produtos por 8 shekels e embaixo qualquer produto paga um e leva outro grátis.


Em cima preço por kg, embaixo por unidade.

Todos os produtos você paga 2 e leva +1 grátis. Nesse caso são 3 produtos iguais. 

Preço por kg.


Em cima: comprando 3 produtos - 55% de desconto; 2 produtos 50% e 1 produto 45%. Embaixo preço dos perfumes por unidade.



*Fotos tiradas da internet.



28 comentários:

  1. muito legal seu esclarecimento a respeito das promoções em Israel, valeu amiga. ass. marcos

    ResponderExcluir
  2. Já estava pensando que outra pessoa escreveu o post. Tudo muito comercial, perfeito como comercial de pasta de dente. Mas a moeda tem sempre dois lados e ninguém melhor que você para mostrar a realidade da situação. Revelador. Gostei muito. Você acha que a maioria compra por compulsão e, Yaheli, aqui tem feito sucesso os sites de compras coletivas que barateiam bastante os preços. Aí em Israel também tem sites de compras coletivas ? Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk. Eu tento mostrar de tudo um pouco e eu tento ser imparcial, talvez às vezes fique frio demais, pensarei a respeito, do meu estilo. rsrs.

      Sim tem sites de compra coletiva que na minha modesta opinião é algo que deu um boom e já deu uma caída.

      Eu comprei num site de compras só uma vez, dois ingressos para o show do Gil, comprei pq os ingressos na bilheteria já tinham esgotado, mas eu não acho tão mais vantajoso não, muito do que vc compra é cheio de regras diferenciadas.

      Abração.

      Excluir
  3. Shalom Yaheli !
    Excelente post a muito esperado, valeu mesmo!

    Pena que não dá pra saber o preço de tudo, mas se for isso mesmo (uns 8 shekalim a unidade?) é praticamente o preço daqui de muitas coisas, talvez um pouco mais caro, mas no final com as promoções pode ficar mais barato sim. E também temos de ver a questão da qualidade e de "outras" coisas mais ... vejamos:

    1- aqui no Brasil a qualidade tem piorado muito, por exemplo, o requeijão tá vindo aguado, os biscoitos e chocolates tão diminuindo a embalagem e aumentando o preço, muita coisa tá vindo com qualidade duvidosa, (made in china da pior espécie), etc.

    2- promoção aqui em geral ou é enganação, ou de coisa encalhada, ou de porcaria mesmo.

    3- agora a inflação tá aumentado rápido e muita coisa já aumentou de preço e tá começando a pipocar as greves uma atrás da outra.

    4- aqui você sofre por ser consumidor, não te respeitam, e a justiça demora ... você paga caro, se aborrece e te tratam feito lixo.

    5- as coisas no Brasil custam caro relativamente falando, pois temos tudo aqui (em tese), temos matéria prima, meios de produção, mão de obra, mercado consumidor, etc. Já Israel tá no meio do deserto, cercado de inimigos, gastando os tubos com defesa, com mercado consumidor bem pequeno, então logicamente que manter o preço competitivo é algo mais difícil em Israel do que aqui.

    Depois de pensar nisso tudo, ai vem a pergunta do milhão:
    Será que o conceito de caro e barato só envolve o preço em si?
    Afinal temos de lembrar que existe uma diferença entre preço e valor.

    E depois prefiro gastar e pagar os impostos aonde sei que serei respeitado e terei retorno, do que pagar mais barato e ser tratado como cidadão de quinta categoria.

    Shabat Shalom;

    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse td Gabriel, triste realidade!

      Excluir
    2. Achei que só eu tinha reparado no requeijão aguado!!

      Quando comprei até achei que estava vencido. Afffee

      Excluir
    3. Na minha super ultra modesta opinião não dá para comparar preços entre países com realidades diferentes. Caro e barato é um conceito local/nacional ou que funciona se você é turista.

      Mas morando em Israel sua realidade e custo de vida serão os daqui. Eu acho comida caro em Israel para a realidade que nós temos, claro tem boas promoções, porém comparando com o Brasil preço por preço, aqui na média é mais barato.

      Claro há coisas mais caras aqui. Por exemplo, o kg do arroz aqui é 8/10 shekels, o que dá mais ou menos uns R$ 5,00/6,00. O arroz aí custa quanto R$2,00 o kg?

      Só que arroz não faz parte da alimentação básica do israelense, mas medindo uma coisa pela outra, o custo total de uma compra, se você comparar apenas preço por preço sai mais barato qui em Israel. Eu já fiz essa comparação com a minha mãe.

      Fruta, legumes e laticínios são baratos, frango é super barato. Algumas frutas que são importadas são caras como abacaxi que custa mais ou menos 25 shekels a unidade e só tem no verão.

      Agora melancia, laranja e quase todas as frutas você compra por 2 a 4 shekels o kg. Isso sem promoção, preço normal.

      Israel não é o país mais barato do mundo, mas é muito mais barato que o Brasil no custo total e no custo embutido, aquele que você não vê que pagou (tipo impostos, taxas, fretes etc)

      Excluir
  4. O Gabriel ai acima falou tudo.
    E eu ainda falo mais...
    Ya, quando vc saiu daqui o Brasil não era bom.
    Agora é um LIXÃO e alem de tudo virou uma ditadura.
    Quem acha que não é por que só vê globo e é um (a) alienado (a).
    Saiam pras ruas, pros protestos e sejam tratados como bandidos.
    Alias, mais de 200 presos políticos essa semana aqui no RJ sem nenhum motivo.
    Eu cobri tudo.
    BRASIL TÁ CADA VEZ PIOR.
    Que venha o terrorismo contra o governo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Absurdo!!!!!! Tratando professor feito lixo, por isso que esse país tá como tá. :-(

      Excluir
  5. Oi Yaheli, em primeiro lugar muito obrigado por teu comentário á meu respeito. Eu também posso dizer de coração que adorei ter conhecido á ti e o Dan. e obrigado por mais este post,ótimo , pois nos deixa bem familiarizados com o comércio em Israel e eu da minha parte sempre fico mais e mais orgulhosa de Israel, tenho amado conhecer tudo isto, me faz sentir mais próxima daí. Shabat Shalom desde Eldorado do Sul, á ti, o Dan e o Oxsford. Ah! ia esquecendo , o meu filho agora tem um gato mas fica na casa da namorada dele e o seu nome é Guri e eles já fizeram um face pra ele, se tu fizeres um pro Oxsford o Guri manda convite pra amizade! Fico no aguardo. Beijos com carinho pra vocês. Carmen.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! Não tenho tempo de cuidar nem do meu facebook quem dirá fazer um para o Oxford. rsrs. Até que ia ser fofo, mas não dá. rsrs.

      Beijão e posta uma foto do Guri no face para eu ver. :)

      Excluir
  6. muito bom esse seu post! Parabéns!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Marcelo você é o único pescador que vi até hoje que é nervoso ... rsrsrs ... como diz um amigo meu " tá nervoso? vai pescar", dizem que relaxa o corpo e a alma.

    Não sei se você sabe, mas tenho amigos pescadores que me disseram que agora para pescar tem que fazer um cadastro e pagar uma taxa pro IBAMA.

    É isso mesmo, quem pesca em qualquer local, mesmo que seja só com vara e molinete pra passar o tempo na beira da praia, tem que cumprir mais essa exigência, se não tiver é multado, tem tudo confiscado e dizem que pode dá até prisão (não sei porque).

    Não sei se isso tudo é 100% verdade, mas parece que essa lei surgiu junto com a criação do tal "Ministério da Pesca".

    Também seria legal a Yaheli dizer se tem algo desse tipo também em Israel.

    Shalom para todos;

    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ih Gabriel, o pescador da família é ele, eu não sei nada de pesca.
      Acho que aqui tem que ter licença para pescar sim, mas não sei se em todos os casos até vejo isso depois.

      Excluir
  8. Olha eu sou uma pessoa até bem controlada até pq com os preços EXORBITANTES do Brasil tenho que ser...
    Porém a palavra 'PROMOÇÃO' faz meus olhos brilharem... kkkkkkkk
    Amo promoção! hahaha Se tivesse em Israel ia pirar... hahahaa
    Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As promoções aqui são de enlouquecer mesmo!!!

      Chega a ser tão barato que até meu marido vive falando, compra amor, tá tão barato não faz nem diferença e nessa o que tem de perfume e maquiagem aqui em casa é de assustar. rsrs.

      Eu parei de comprar perfume e maquiagem simplesmente porque não tem mais espaço para guardar. rsrs.

      Excluir
  9. Shalom Yaheli, sou eu de novo.

    Só passei aqui pra te pedir um favor, se for possível, de você traduzir alguns preços dos folhetos da farmácia e o do supermercado.

    Se soubermos qual é o produto, o seu preço unitário e o seu tamanho, poderemos comparar melhor com os produtos aqui no Brasil

    Quem sabe rende uma atualização desse post pra ficar ainda melhor.

    Toda raba;

    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, atualizo o post mais tarde. E se der post novo hoje.:)
      Abração

      Excluir
    2. Atualizado e com legenda, acho que melhorou. Se tiver mais alguma dúvida só perguntar, depois eu respondo sua outra pergunta ali em cima, tá?

      Excluir
  10. Muito bom o post e ilustrativo, já enchi minha mochila de promoções em Israel, tipo compre 3 e leve 4, e depois não cabia na mala, aqui no Brasil sempre tem promoção tipo "tudo pela metade do preço do dobro da semana passada"

    ResponderExcluir
  11. Tenho acompanhado seu blog assiduamente, está de parabéns pelo seu trabalho.
    As informações tem sido bastante uteis, principalmente pra eu que pretendo fazer Aliá.
    Em relação as promoções que você cometeu eu vi quando fui a Israel, elas só acontecem em lojas físicas? existem sites de eletrodoméstico, tecnologia, roupas que aderem também?
    As pessoas tem hábito de comprar por site?
    Que sites você recomenda?
    Achei um site zap.co.il, ele é confiável?
    Obrigada,
    Ana

    ResponderExcluir
  12. Olá Ana,

    Sim, existem sites que aderem também, funcionam como loja normalmente. Mesmo estilo de venda e de marketing.

    Os israelenses compram bastante pela internet sim.

    Não conheço um site de vendas em Israel que não seja confiável, o que não impede que você tenha problemas, como poderia ter se comprasse numa loja física, mas em regra tudo funciona direitinho.

    Putz, eu já comprei tanta coisa pela internet, desde livros até compras de supermercado, mas um site para indicar depende de que.

    Tem o Arutz Hakniot que é um canal de compras na tv e vende pelo site também:
    http://www.21.tv/

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Shalom Yaheli!
    Valeu pela atualizada nesse post.
    Aquele encarte do frango que mostra o tomate, cebola, cenoura, etc ... aquilo ali tudo é 0,50 NIS/kilo ??? Se for tá um preço muito barato, tá dado!
    O preço do frango tá bom, principalmente se a qualidade for boa.
    Agora aquela TV de 32" e aquela câmera tão muito mais baratos que aqui.
    Olha, eu acho que supermercado não será problema.
    O resto quando puder responder eu espero sim, com o maior prazer.
    Laila tov;
    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, aquilo é promoção.

      É esse preço para compras a partir de 100 shekels e até o limite de 3kg.

      Agora os preços dos eletrônicos é esse aí mesmo. Isso é realmente barato em Israel.

      Só não é mais barato que nos EUA. Mas eletro-eletrônicos tem preços bastante interessantes para o padrão de Israel.

      Laila Tov.

      Excluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...