segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Monte Hermón - Colinas de Golã

 O Monte Hermón que se localiza ao sul das Colinas de Golã, passou ao controle de Israel após a guerra dos 6 dias em 1967 e foi oficialmente anexado em 1981, passando a integrar em definitivo o território israelense.

A partir de então, o Monte Hermón passou a constituir uma tríplice fronteira entre Israel, Síria e Líbano e passou a funcionar também como a única estação de esqui de Israel.
Mais recentemente, durante o verão, se costuma usar o terreno acidentado das montanhas para a prática do mountain bike

Kiriat Shmoná, maior cidade antes chegar no Monte Hermón (22 Km de distância).


Neve Ativ, última cidade antes de começar a subir para o Monte Hermón.


No início da subida já se começa a ver neve frequente.

Quase no fim da subida.

Entrada do Monte Hermón.
A estação do Monte Hermón é dividida em duas grandes partes que se conectam por um grupo de teleféricos:

Na parte de baixo ficam a entrada, alguns restaurantes, algumas lojas de roupas e de venda e aluguel de equipamentos de esqui, um circuito de trenó com trilhos (do qual não tiramos foto porque já estávamos muito cansados) e a parte de treinamento de esqui.

Obviamente não deu para tirar foto de tudo, mas deixo aqui algumas fotos da parte de baixo do Monte Hermón:

Nesta foto dá para ver um dos teleféricos ao fundo.

Eu no iglu das crianças. rsrs.



Estas fotos foram tiradas do teleférico, de onde dá para ver uma parte da pista de esqui:



No Cume do Monte Hermón não tem muita coisa para se ver, a não ser que você vá descer de esqui. Nesta parte, além de um vento de resfriar pinguim também tem algumas lojas e alguns restaurantes, mas os de baixo são melhores:




E aqui, o estacionamento do Monte Hermón, um pouco antes de irmos embora:


E para quem ainda não enjoou de ver neve, está aí um vídeo que nós filmamos com algumas imagens do Monte Hermón:




18 comentários:

  1. kkk Quero vazar desse lixo de pais e ir par Israel.
    Ahh se eu gosto do Brasil? sim, o tanto quanto eu gosto do PT. kkkkkkkkk...

    ResponderExcluir
  2. É bonito, né? Mas acho que minha cota de neve já deu por esse ano. Eu nunca pensei que eu fosse dizer isso, mas acho que eu estou com saudade do verão. kkkk

    O inverno do ano passado foi mais rigoroso, em termos de frio, mas a neve te desgasta muito.

    Além do que é cansativo você ver o dia amanhecer às 6:30 e começar a anoitecer ainda antes do meio dia.

    ResponderExcluir
  3. Shalom Yaheli.

    Parabéns pelas fotos, muito bonitas.

    Seu blog é um sucesso, já tá chegando nos 37 mil, daqui a pouco recebe até proposta de publicidade.

    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se quero publicidade aqui. Publicidade só se não afetar o que eu escrevo, não quero nada que policie ou me faça policiar o que eu escrevo e nada que deixe o visual do blog poluído.

      Excluir
  4. Olá Yaheli,

    Parabéns pelo excelente material disponibilizado neste blog. Quanto tempo você levou para dominar o idioma hebraico de maneira satisfatória?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idioma é algo que a gente sempre acha que pode melhorar, mas eu diria que o meu hebraico ficou pleno com uns 2 anos de Israel.

      A escrita eu dominei antes disso, a fluência de fala e entendimento levou mais ou menos esse tempo.

      E foi mais ou menos nessa época também que eu comecei a conseguir acompanhar a legenda na Tv e nos filmes, até então me parecia muito rápido.

      Depois disso foi só aprimorar a qualidade.

      Excluir
  5. Kiriat Shmoná parece uma cidadezinha adorável para se morar!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Kiriat Shmoná é uma gracinha de cidade, só é meio contra-mão para se morar, mas dependendo do seu estilo de vida é uma boa cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma cidade muito pequena, onde dificilmente você vai arrumar um emprego, a não ser que você vá trabalhar num pequeno comércio local, mas em regra você terá que sair da cidade para trabalhar (o que é comum em Israel). E é uma cidade meio longe de tudo, claro que tem transporte, mas não para todos os lugares e não tão frequentemente quanto numa cidade maior, muitas vezes você terá que pegar dois ônibus, um até uma cidade maior mais próxima que via de regra deve ser mesmo Nazareth que fica a cerca de 80km de distância e daqui talvez pegar um ônibus para outro lugar.

      Mas é como eu já disse, dependendo do seu estilo de vida pode ser uma boa cidade.

      Foi isso que eu quis dizer quando disse "contra-mão". É uma expressão que se usa no Rio, para dizer que um lugar é longe ou de difícil acesso, talvez não seja comum aí no sul. Olha que eu tomo cuidado com o meu "carioquês", mas dessa vez eu não percebi. rsrs.

      Abraços

      Excluir
  7. Olá! estou indo pela segunda vez para israel no final de outubro, e gostaria de mais informações sobre o monte hermon (pois não cheguei ir lá) tipo é possível ir de carro alugado até lá? qual a melhor rota para isso? tem neve em outubro? se ppuder me ajudar agradeço muito.
    Eloilson

    pr.eloilson@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eloilson,

      Sim é possível ir de carro, o problema é que dependo de onde você venha não haverá referência ao Monte Hermón o tempo todo. É fácil se perder pelas estradas israelenses quando não se conhece bem o país. Eu te aconselharia mesmo a ir de ônibus. Existem vários ônibus que fazem esse trajeto para lá, basta ligar e reservar lugar e na hora você paga.

      Outra coisa é que quando existe muita nebulosidade o Hermón fecha, então é sempre bom consultar o site deles antes de ir.

      Mas, caso queira mesmo alugar um carro, consulte a melhor rota pelo site deles. Aliás eles dão a rota e também o telefone da empresa que prestam esse serviço:

      http://www.hermonski.com/summer-en-homepage/126-en-summer-howtogetthere.html

      Ah! Não, não tem neve em outubro. Neve mesmo só a partir de dezembro até março. No resto do ano eles têm eventos de verão. Até o site muda essa época do ano, dê uma olhada lá.

      Abraços

      Excluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...