domingo, 19 de agosto de 2012

Idiomas de Israel

Ao contrário do que se possa pensar, Israel tem dois idiomas oficiais, o hebraico e o árabe.

O árabe é a primeira língua de cerca de 20% a 25% da população Israelense. Portanto, pode-se dizer que o hebraico é o idioma mais importante de Israel, já que é a língua da maior parte da população, é o idioma que todo imigrante aprende quando vem para Israel (já que o governo fornece curso gratuito apenas de hebraico) e quase 100% da população árabe aprende hebraico como segundo idioma na escola, então não há dúvidas a respeito da importância do hebraico em Israel.

Ocorre que em 1991, com a queda do regime comunista e consequente fim da União Soviética, houve uma imigração em massa para Israel de judeus da Rússia e de grande parte das ex-repúblicas soviéticas, o que fez com que o país precisasse absorver, num espaço de tempo bastante curto, quase um milhão de pessoas.

Obviamente, esses imigrantes não aprenderam hebraico da noite para o dia e foi preciso que o país se reestruturasse para absorver essas pessoas.
O fato é que na realidade essas pessoas é que absorveram Israel e mudaram desde a mentalidade do país até hábitos alimentares, e junto com tudo isso veio também a língua russa que funciona hoje quase como um terceiro idioma em Israel, não é língua oficial, mas tranquilamente em todos os órgãos do governo, serviços de atendimento ao consumidor de todos os tipos, além de quase todo o comércio se pode encontrar atendimento em russo.

Além disso, em Israel existem canais de TV e emissoras de rádio que transmitem em hebraico, árabe e russo. Há canais apenas em árabe e canais apenas em russo, geralmente com legenda em hebraico, além obviamente dos canais em hebraico que costumam também ter legenda em hebraico em quase toda programação. Os caixas eletrônicos, em sua grande maioria tem opção de atendimento em hebraico, árabe, russo e inglês.

Os programas de computador para Israel como Windows e Word por exemplo vem nas opções hebraico, árabe e russo, além do Inglês.Você opta na hora da compra, o meu, por exemplo é hebraico e inglês.

Grande parte dos produtos vem com garantia e manual de instrução também nos três idiomas. Claro que há muitas coisas que só vem em hebraico ou hebraico e árabe, mas o russo é uma língua bastante corrente.

No meu prédio por exemplo, existem 28 apartamentos, dos quais apenas dois (o meu e mais um) são de moradores que não falam russo, portanto dá para ter uma noção do que é o russo em Israel, né?

Não é à toa que a Torre de Babel teria sido construída no Oriente Médio (rsrs).

Típica placa de Israel nos quatro idiomas (hebraico em cima, russo e árabe no meio e Inglês em baixo). Muitas placas não têm o russo.


13 comentários:

  1. Parabéns pela inciativa. Vou vir sempre aqui. Assinei o Feed.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Valéria.
      Venha mesmo e se quiser perguntar algo fique à vontade!
      Beijos

      Excluir
  2. Olá!
    E o que você pode dizer do idioma hebraico? É fácil de aprender?
    Eu andei dando uma olhada essa semana e achei muito complicado usar o alefbet, e olha que uma vez eu comecei a aprender russo e aprendi o alfabeto russo com muita facilidade, e o alfabeto árabe parece ser mais fácil de apender também. Mas os sons são até bonito, se bem que tudo que eu sei de hebraico é laila tov. hahaha

    E eu fiquei curioso, porque você escolheu viver em uma parte árabe?

    Obrigado! E desculpa o incomodo das perguntas!

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Duas perguntas dificílimas de serem respondidas num espaço tão curto. rsrs. Vamos tentar:

    Com relação ao hebraico, ainda vou fazer um post sobre isso, talvez essa semana mesmo, mas de forma resumida dá para dizer o seguinte: É difícil sim, desde a forma de pensar até as conjugações verbais, é um idioma todo cheio de declinações e ainda tem um tal de hebraico formal e o hebraico da rua (que às vezes é errado e às vezes diferente, mas você precisa aprender os dois, afinal é na rua que você se comunica, não é?)

    O alfabeto é besteira, pode assustar à primeira vista, mas é a coisa mais fácil, basta sentar e decorar.
    O problema de ler em hebraico está em não existirem vogais, também não existem em árabe, mas ao que me parece a pronúncia árabe é mais difícil que a hebraica, porém a leitura me parece mais fácil, embora eu não fale árabe. O russo de fato não é um idioma difícil e tem muita coisa parecida com português, uma vez que tem uma base latina enorme, além do fato do alfabeto deles ter vogais.

    O que eu posso te dizer é seguinte, eu levei dois anos para ter um hebraico pleno, mas chegava a estudar 8 a 9 horas por dia, em casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sobre morar numa cidade árabe, basicamente tem a ver com o fato de a Galileia ser a região mais fria de Israel, inclusive no verão é um pouco mais fresco e Nazaré, apesar de tudo, apesar inclusive de não ter praia, me lembra um pouco o Rio de Janeiro, é uma cidade alegre e com um povo super simpático, mas é uma decisão para quem tem hebraico fluente ou fluindo, porque por aqui não se encontra, em regra, ninguém falando inglês para dar aquela forcinha na hora do aperto. Sem falar no fato de que o comércio não fecha no shabbat e tem natal no fim do ano rsrs (também vou escrever sobre isso!).

      Acho que deu para responder mais ou menos, né?
      um super beijo

      Excluir
  4. Foi muito "útil(pois é só curiosidade mesmo)" para mim!
    Muito obrigado! E desculpa não ter tido paciência para esperar você fazer o relativo post!

    Acho que nem com toda mística que envolve o idioma hebraico e a cabala eu vou animar a aprender esse idioma! Vamos falar inglês mesmo que dá mais certo! hahahaha

    mais uma vez muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique à vontade para voltar e perguntar sempre tá?

      E tenho que concordar, o inglês dá super mais certo. Tão fácil e descomplicado! rsrs.

      Excluir
  5. Oi Yaheli.

    Eu imaginava que conseguiria falar o hebraico em 2 anos mas, sem precisar estudar de 8 a 9 horas por dia. Então, para trabalhar fora e estudar o hebraico, vai uns 4 anos então, certo ?!

    Yaheli, a carga horaria de trabalho em Israel é de quantas horas por dia?

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tulio,

      Depende!

      Antes de tudo é preciso saber que nível de hebraico você quer ter. Eu sou uma pessoa muito perfeccionista, não sei se sirvo de referência para ninguém neste quesito, mas eu diria que para ter um hebraico bom trabalhando seriam uns 4 ou 5 anos e estudando.

      Agora para um hebraico, mais ou menos, mesmo trabalhando, tendo um pouquinho de dedicação, 2 anos são sim suficientes.

      Excluir
    2. Ah! Em Israel tem tudo que é tipo de trabalho, por hora, part time, mas o período integral é de 9 horas (sendo 1 hora almoço).

      Excluir
  6. Parabens menina pelo Blog gostei aguardo visitas em:

    QSL do Brasil
    http://qsldobrasil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Hum legal é claro que divulgarei !

    QSL do Brasil
    http://qsldobrasil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Em hebraico o nome de Deus no tetragrama é Yaohu ? Não no Aramaico e sim no Hebraico Moderno .

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...