quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Farmácias e Remédios em Israel

Se existe uma coisa rígida e bem padronizada em Israel são as farmácias e a forma como se vende remédios.

Uma das primeiras coisas que se nota nas farmácias israelenses é que elas são todas muito parecidas, para não dizer idênticas. Tudo é do mesmo jeito, a forma como dispoem os produtos, a parte de perfumaria, cosméticos e maquiagem de um lado, a de produtos infantis de outro e produtos naturais, chás e remédios que não necessitam de prescrição médica no meio.

A grande maioria dos remédios em Israel só é vendida com receita médica e acabou a história, não existe jeitinho, favor ou amizade.

Remédio é uma coisa extremamente séria e controlada. Por outro lado, nas farmácias israelenses não existem balconistas, todos que trabalham em contato com medicamentos são farmacêuticos e é de praxe que eles conheçam bem produtos naturais, produtos esses que são extremamente consumidos em Israel.

Deixando claro que produtos naturais aqui em Israel não são ervas ou chazinhos, são produtos manipulados, feitos em laboratórios sérios, simplesmente são produtos feitos a base de plantas, complementos, vitaminas e minerais produzidos para os mais diversos fins. Até porque os produtos costumam todos ter selo Casher (sim, não é apenas a comida que é casher, mas também remédios, cosméticos etc).

Claro que há produtos vendidos sem receita, como paracetamol, aspirina, alguns anti-inflamatórios com dosagem reduzida, remédios para gripe, para má-digestão, produtos naturais anti-fungo (israelense é vidrado em remédio contra fungo) e coisas do gênero.

O farmacêutico tem a função de explicar como se usa o remédio que você está comprando, pode ser o remédio mais simples, mas eles sempre perguntam se você conhece e dizem como tomar e é ele também a primeira pessoa que normalmente te consulta orienta, você explica o que sente, se for algo simples ele te indica alguma coisa que possa ser vendida sem receita, se for um pouco mais complexo ele te orienta a procurar um médico.

Uma coisa que facilita muito a vida quando não se fala hebraico é que em Israel a maioria dos medicamentos vem com a bula em quatro idiomas (hebraico, árabe, inglês e russo). Eles realmente têm a preocupação de tornar as bulas acessíveis, já que Israel é um país formado em sua esmagadora maioria por imigrantes. É possível até achar remédios e outros produtos com bulas em espanhol e português, mas claro que não são todos.
Típica Embalagem de Remédio em Israel, frente em hebraico e lateral com a indicação dos 4 idiomas da bula



5 comentários:

  1. Yaheli,
    Tudo bem?

    Gostaria de saber se os apartamentos em Israel são alugados sem mobília ou são como os americanos, com geladeira, máquina de lavar, fogão e microondas?

    Mais 2 perguntas:
    Quantos malas e kilos posso levar para Israel, como olim?
    32 kg em cada mala?

    Tomo regularmente 4 remédios para hipertensão e diabetes.
    Posso levar receita médicas em inglês para israel?
    Elas são reconhecidas pelos farmacêuticos aí?


    Obrigado e desculpe o incômodo.
    Daniel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniel, tudo bem?

      Em Israel não existe padrão é tão comum alugar apartamento mobiliado, quanto sem mobília é uma questão de escolha. Por padrão, quando se fala em apartamento sem mobília é com geladeira e fogão.

      Eu escrevi sobre a questão burocrática de se alugar em Israel nesse link, talvez te interesse:

      http://vivendoemisrael.blogspot.co.il/2012/08/alugar-apartamento-em-israel.html

      Quanto às malas, normalmente em voos internacionais você pode levar duas malas de 32kg e uma mala de mão de até 8. Mas, isso são regras das cias aéreas e muda de tempos em tempos, então quem melhor irá poder te responder isso será a agência judaica quando te entregar as passagens.

      Com relação aos remédios, a Agência Judaica também irá te orientar quanto a isso, mas funciona assim, você normalmente traz remédio para dois meses e uma declaração do seu médico explicando o seu problema (em inglês) para poder entrar no aeroporto com esse medicamento.
      Nenhuma receita de outro país, nem mesmo em hebraico, terá valor numa farmácia aqui. Quando seus remédios acabarem ou estiverem acabando você precisará consultar um médico daqui e ele é que vai determinar que remédios você irá tomar, até porque há muitos remédios vendidos no Brasil que em Israel são proibidos.

      Não se preocupe, eu não me incomodo em responder nada. :)

      Abraços

      Excluir
  2. Olá yaheli estou me formando em farmácia no meu estado, mas pretendo ir morar em Israel,você poderia me informar se é possível aproveitar o meu curso apenas revalidando ele ou preciso fazer um novo curso quando chegar?estou me preparando para daqui a sete anos ir morar em Israel, obrigado pelas informações, renato cardoso

    ResponderExcluir
  3. Yaheli, boa tarde. Gostaria de sabe se em Israel os remédios de alto custo são fornecidos pelo governo ou se existe algum subsídio. Obrigada

    ResponderExcluir
  4. Oi Laura,

    Bem, pergunta genérica, resposta genérica.

    Israel possui uma cesta básica de remédios que fornece a maior parte dos remédios de graça ou quase graça. Fornece todo todo tipo de remédio, independente de ser caro ou barato, para cidadãos israelenses.

    Abraços

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...