segunda-feira, 16 de julho de 2012

Aliah - Imigração para Israel

Para não ficar muito cansativo vou fazer um post sobre Aliah e um sobre outras formas de Imigração.

Na prática existem 3 formas de se imigrar para Israel: Aliah, casamento e emprego.

Aliah (aliá): O Aliah é provavelmente, o jeito mais comum de se imigrar para Israel e também o mais simples.

Quem pode fazer Aliah? 
 o Aliah é um processo de imigração para Israel destinado a judeus por nascimento, descendentes de judeus até o terceiro grau ou judeus convertidos após 5 anos de conversão. Sim, o Aliah é um direito!
E para fazer Aliah, basta que você possa comprovar seu judaísmo ou sua ascendência por meio de uma certidão de judaísmo ou qualquer outro documento, normalmente, emitido por um rabino.

Para fazer Aliah você não precisa ser judeu praticante, basta apenas poder provar sua origem judaica.

Cônjuges cujo o casamento tenha mais de um ano são equiparadas a condição de judeu para fins de Aliah, sem nenhum problema, portanto terão os mesmos benefícios.

Benefícios do Aliah:
Ao decidir vir para Israel você terá alguns benefícios, começando pela passagem área da sua cidade até Israel (em Israel você será levado de carro até a cidade que ficará), você receberá ainda um auxílio financeiro (sal klitá) por 8 meses, terá direito a morar num centro de absorção por 6 meses - Centros de absorção (merkaz haklitá) são prédios de apartamentos que pertencem à Agência Judaica e são destinados aos novos imigrantes que chegam em Israel - Não é de graça, mas é bem barato. Poderá fazer ainda um curso de hebraico gratuito (ulpan) que deve durar em torno de cinco meses e meio e, a partir do 13º mês você receberá uma pequena ajuda de aluguel (pequena mesmo!!!), que diminui ano a ano, até o quinto ano.

Trocando em miúdos, a ajuda financeira não é lá grandes coisas, mas se você resolver ficar no centro de absorção (Merkaz Haklitá) e não estiver interessado em luxo nos primeiros meses, ela vai te bastar e de qualquer forma é melhor do que nada, afinal qual outro país te daria isso?

Os valores variam em função de você ser uma pessoa solteira, um casal sem filhos, com filhos, estar aposentado etc.

Portanto para qualquer esclarecimento a respeito do Aliah, procure a Agência Judaica.
Eles vão te dar todas as informações necessárias, além de todo tipo de suporte desde o aeroporto até sua chegada em israel.

Eu não pretendo me estender muito sobre esse assunto, afinal o blog se chama vivendo em Israel e não Imigrando para Israel, mas como esse é o primeiro passo eu também não poderia deixar de falar.

E só para ilustrar uma foto do nosso Aliah, por acaso nós viemos com um grupo grande, mas esse não é o padrão, o padrão é que o Aliah seja individual mesmo.


Meu marido e eu - 16/07/2009 - Jerusalém

*Nós recebemos nossas identidades israelenses numa cerimônia no Kotel (muro das lamentações), porque viemos num Aliah comemorativo.




25 comentários:

  1. É caro morar em Israel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Eu já escrevi sobre custo de vida em israel nesse link

      http://vivendoemisrael.blogspot.co.il/2012/09/custo-de-vida-em-israel.html

      Dá uma lida, se ainda ficar com alguma dúvida me escreve de novo, tá?

      Abraços.

      Excluir
  2. É seguro morar em Israel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Israel é com certeza um dos países mais seguros do mundo para se viver e com um dos melhores padrões de vida.

      Abraços.

      Excluir
    2. Estou amando ler suas postagens!
      E, quem não é judeu? Como poderá conseguir morar em Israel?
      Como posso fazer Aliah sem ser judia?
      obrigada!

      Vera Andreozzi

      guiveret@hotmail.com

      Excluir
    3. Oi Vera,

      Na verdade a figura do Aliah é específica para Judeus.

      a imigração para não-judeus não é muito fácil. Eu já escrevi sobre isso nesse post:

      http://vivendoemisrael.blogspot.co.il/2012/07/outras-formas-de-imigracao-para-israel.html

      Qualquer outra dúvida me escreva novamente, ok?
      bjs.

      Excluir
  3. Achei muito emocionante e linda a forma que receberam suas identidades israelenses, aliah comemorativo, muito show, que privilégio, que vocês sejam cada vez mais felizes!
    Obrigada por doar seu tempo para ajudar a todos nós que desejamos estar aí, sei que não deve ser fácil, trabalho na net, tenho blog, páginas e grupos no Facebook.
    Aff é uma loucura achar tempo para tudo.
    Peço desculpas porque enviei uma mensagem sobre visto e só depois vi que aqui fala sobre o assunto tá? Aprendi muito aqui, por exemplo, não sabia sobre a Carta Convite, na verdade poderá ser até uma solução pra mim.
    Grande abraço,


    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Cara Yaheli,

    quando dizes "Agência Judaica", queres dizer Agência Judaica de Intercâmbio Cultural, certo? Ou não?

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Shlomo,
      Que eu saiba a Agência Judaica se chama apenas judaica se chama apenas "Agência Judaica para Israel" A Agência Judaica é um órgão que trabalha em parceria com o governo de Israel e são eles que cuidam da questão do Aliah no mundo todo.

      Esse é o site da Agência Judaica:
      http://www.jewishagency.org/JewishAgency/English/Aliyah/Contact%20Addresses/GCI

      Acho que eles não tem mais site em português, mas te o telefone do Brasil na página deles.

      Excluir
  5. Obrigado pelo link e pelas informações, Yaheli.
    É que aqui em Porto Alegre existe um lugar chamado Agência Judaica de Intercâmbio Cultural, localizado no Bom Fim (bairro que abrigou imigrantes judeus, principalmente poloneses e russos, por muitas décadas.)

    ResponderExcluir
  6. Corrija-me, caso esteja errado. A Terra tem aprox. 7 bilhões de habitantes, entretanto, disse o Senhor Deus que a descendência de Abraão seria tal que não se poderia contar. Se eu chamar de conj. B o número de habitantes do planeta e conj. A a descendência de Abraão, segue-se daí, que o conj. B está inserido no conj. A ou seja, todos temos o DNA de Abraão. Certo ou errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido,
      Não me interessa nenhum pouco se somos todos descendentes de Abraão, de Maomé, do Snoopy ou do Pica-Pau. O meu blog não é sobre religião e muito menos sobre genética, se você não acha justo os critérios de imigração para Israel escreva para o governo de Israel, eu não fiz as leis e não tenho poder de mudá-las.

      Acho que você consegue compreender isso, né?
      Abraços

      Excluir
    2. Não se deve confundir "descendentes de Abraão" com "judeus". Os árabes também são descendentes de Abraão, de acordo com as religiões abraâmicas, mas nem por isso são judeus.

      Além do mais, você está afirmando que o conjunto da população mundial total é subconjunto dos descendentes de Abraão, o que é um absurdo!

      Excluir
  7. Olá! Estou planejando ficar em Israel por 3 ou 4 meses depois que eu me formar em Medicina, para aprender mais sobre a medicina no país. Mas, para isso gostaria de trabalhar em um hospital para ter alguma renda, já que só teria o dinheiro da passagem (ida e volta) e do aluguel do apartamento (existem kitnets por lá?). Gostaria de saber se é possível...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wesley,

      Bem, se você está se formando em medicina você sabe que medicina, assim como outras profissões requerem reconhecimento de diploma e habilitação para trabalhar no país e em Israel não é diferente.

      Além do mais, se você vem com visto de turista ou com visto de estudante você não terá permissão para trabalhar.

      Israel é um país como qualquer outro com leis e regras. Se você quer aprender sobre a medicina daqui ingresse em um curso de mestrado, especialização ou residência. Tente uma bolsa, procure as universidades, Israel fornece bolsas para estrangeiros, basta procurar na internet, infelizmente eu não posso te informar sobre elas.

      Te desejo boa sorte
      Abraços.

      Excluir
    2. OK! Mas o que eu gostaria mesmo, é de trabalhar num hospital (com remuneração) por alguns meses. Só entrando em contato com o hospital, ou é possível encontrar emprego na hora?

      Excluir
    3. Amigão eu já te respondi.
      Só é possível trabalhar como médico em Israel com diploma legalizado e com visto apropriado se você não tiver isso não vai poder trabalhar, é proibido. Foi isso que eu te disse ali em cima, na outra resposta.

      E mesmo que você queira trabalhar como qualquer outra coisa que não precise de reconhecimento de diploma, faxineiro por exemplo, você precisa do visto apropriado para trabalhar.

      Me espanta que um estudante de medicina não consiga entender isso e me espanta mais ainda um estudante de medicina não saber que existem bolsas com remuneração.

      Excluir
  8. ola amiga eu gostei muito de seu post eu sou evangelica e rescentemente frequento uma sinagoga pois sou convertida no judaismo messianico .Entendo as criticas e não é isso que me importa . O que eu gostaria de saber e em Israel existe campo para trabalho para brasileiros .. de verdade . Pois já estive ai há passeio e achei o pessoal muito fechado mesmo assim sou apaixonada por Israel e largaria tudo aqui se hover chances reais ai .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,

      Campo de trabalho para brasileiro tem, só que como judia messiânica você não pode fazer aliah, já que Israel não reconhece essa vertente do Judaísmo.

      E sem fazer aliah é quase impossível conseguir emprego aqui.

      bjs.

      Excluir
  9. Eu fiquei muito feliz por vc me respondes vc pode me add no facebook Analorenafernandes mil bjs .Obrigada pela atençao !!!!

    ResponderExcluir
  10. ola acredito que pelo meu sobrenome tenho descendencia judaica , mas nao tenho nenhuma documentaçao ou informaçao sobre isso ja que meus bisavos e avos nunca falaram sobre isso e eliminaram documentos no periodo de persiguiçao da II guerra. aonde posso buscar estas informaçoes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faço a mínima ideia, talvez o museu do imigrante possa te ajudar, porém para fins de aliah isso provavelmente não te servirá de nada, a não ser que você consiga uma certidão de judaísmo.

      Dê uma lida nesse outro post:
      http://vivendoemisrael.blogspot.co.il/2012/08/lei-do-retorno-direito-ao-aliah-e.html

      Abraços

      Excluir
  11. Olá,

    O pai da minha vô é judeu (de pai e mãe), e tenho bastante familiar enterrados em cimetérios judeus, porém lembrando que são da parte do pai da minha vô. Eu teria direito ao retorno ao judaísmo e a Israel?

    Obrigado

    Bruno R.

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Sempre tive paixão por esse lindo país, quando soube que o mesmo oferece bolsas de estudos para aqueles que querem ingressar na carreira militar, achei uma ótima forma de contribuir e crescer com o país.
    Tenho 21 anos estou cursando Direito, e pretendo ser professor na minha área. Queria saber, portanto, quais são os passos para que esse sonho de estuar, morar e contribuir com essa nação se tornem realidade, caso vocês conheçam algum sit sobre como ingressar na carreira militar israelense, ou bolsas de estudos oferecidos pelas universidades para estrangeiros, ficaria muito grato por essas informações.

    שלום בישראל

    meu email renancabraljp@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Renan,

    Não sei quem te passou essas informações, mas elas estão completamente equivocadas.

    Primeiro, bolsa de estudos é uma coisa ser militar é outra. Ser militar em Israel só tendo cidadania israelense ou ao menos sendo judeu, o que não me parece que seja o seu caso.

    Bolsa de estudos para estrangeiros até existem, procure as universidades (todas têm sites em inglês), entre em contato e veja se você preenche os requisitos para concorrer a alguma bolsa de estudo em alguma universidade israelense.

    Mas, bolsa de estudos não te dá cidadania israelense e nem o direito de trabalhar aqui.

    Dê uma lida nesse link:
    http://vivendoemisrael.blogspot.co.il/2013/04/programa-de-imigracao-e-trabalho-em.html

    Abraços e boa sorte.

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...